O ótimo Horário De Serviço 1

Soa o despertador para as sete da manhã. Há que erguer pra gurias, pequeno-almoço rápido e sair correndo. Às nove se chega ao serviço e às duas toca a pausa de um par de horas para ingerir.

E a resistir até as 7, 8 ou… até que o chefe sai pela porta. E, no dia seguinte, volta a começar. Esta é a maratona de serviço de muitas pessoas. Por que os espanhóis trabalham 277 horas a mais do que os alemães, no entanto são menos produtivos? Em boa parcela, já que os horários de serviço não são os mais adequados para facilitar o funcionamento.

Em geral, se começa a trabalhar pouco mais tarde do que em vários países do recinto, é pra bastante tempo pra ingerir e se prolonga a jornada em exagero. Como diz Nuria Chinchilla, professora do Iese, da escola de administração de corporações da Escola de Navarra, “nós somos governados por aquilo que eu chamo o ‘horário religioso’: você entra quando Deus ordena e sais quando Deus quiser”.

Ela é uma das pessoas que estão guerreando para que os horários de trabalho espanhóis sejam mais racionais e facilitem o desempenho. Como Ignacio Buqueras, empresário e presidente da Comissão Nacional para a Racionalização dos Horários Espanhóis (Arhoe), que também denuncia que ainda se valoriza estar muitas horas pela organização. “Em outros países, diriam de um trabalhador presentista que não domina organizar-se e que, também, negligencia a família”. Spain is different se olhamos pros horários dos vizinhos ricos.

Pela Alemanha, Bélgica e Suécia, começam a trabalhar mais cedo e acabam até as quatro e meia ou 5 horas da tarde. A pausa pra comer é de entre 30 e 60 minutos. Durante o tempo que que em Portugal esta podes regressar às duas horas, o que obriga a sair mais tarde do trabalho.

O episódio de encaminhar-se contra a corrente quanto a horários de trabalho dificulta fazer negócios a grau internacional. “Algumas pessoas de outros países dizem que quando chamam a Espanha a primeira hora da tarde, ainda estamos comendo, e no momento em que os chamamos, às seis da tarde eles imediatamente se foram -indica Ignacio Buqueras-.

, Em Bruxelas, às cinco e meia de imediato não trabalha ninguém. No outro dia estive com espanhóis que lá residem e alucinan com os horários espanhóis”. Até já o presidente da Câmara de Comércio Americana em Portugal tem criticado os horários de serviço espanhóis por ser demasiado prolongados e improdutivos. Como teria que trocar os horários para render mais no serviço?

nem todo mundo podes fazer o mesmo tipo de jornada, em razão de há pessoas que devem fazer turnos ou trabalhar de noite, como médicos, motoristas de táxi ou funcionários de muitas fábricas. Contudo, de acordo com Buqueras, “a vasto maioria dos trabalhadores, podem começar entre as sete e meia e as 9 da manhã e terminar entre os quatro e meia e 6.

  1. Onde colocar estas plantas para que o ar de tua residência seja mais limpo
  2. Toluna em Portugal (Inscreva-se aqui)
  3. Bottas é 0.205 de Vettel, em terceiro lugar, o momento
  4. trinta e oito O agente de Castillejo recusar uma oferta da Roma
  5. Níveis acadêmicos distintos de licenciatura e Mestrado
  6. Astiazarán: “Cada rádio terá que negociar”
  7. José Guilherme Competição (1932)

E com 45 minutos para uma refeição suave é mais do que bastante. Desse modo, se presta melhor à tarde”. Outro fator que ajudaria a ter um melhor desempenho é a flexibilidade para se organizar o próprio horário. Em muitas corporações, não é necessário que todos os funcionários cheguem e partam para a mesma hora. Basta que correlacionam uma quantidade mínima de horas.

Como explica Ignacio Buqueras, “se o trabalhador entende que podes escolher teu horário, se organiza melhor as tarefas e rende mais. Talvez um adora destinar-se ao ginásio na manhã e entrar mais tarde a trabalhar. Deste jeito rende melhor. E outro prefere entrar o muito rapidamente possível pra sair brevemente e ter a tarde livre”.

Categories:

Tags:

Comments are closed