Em 2019 Atuando Em Conjunto Fechado 1

Necessita ser reciclada segundo o livro de tipo da Wikipédia. Trata-Se de uma mera lista de fatos ou ligações sem superior explicação. As referências não são claras ou têm um formato incorreto. Diego Andrés Estudante Moça (Medellín, colômbia, em oito de dezembro de 1978) é um ator, fotógrafo e músico colombiano. Começou atuando pela novela Eu gosto a Paquita Galego. Dois anos mais tarde, fez parte da série Pais e filhos, onde iniciou-se junto à Manolo Cardona esta série. Diego Estudante interpretou Diego Montoya, desde 1995 até 2000, no momento em que abandonou por completo tua personagem nesta série.

Em 1996, atuando em Conjunto Fechado, representando o papel de marido. Apareceu pela novela do Canal RCN Yo soy Betty, la fea, onde encarnou Román, um jovem que se aproveitava de Nicolau, pedindo dinheiro em troca do que sair com seus amigos e amigas, só pra vê-los se beijando.

Em 2002, pulou para a tela amplo no vídeo, Te busco, fazendo o papel de José. Em 2002, participou de Maria de Madrugada. Em 2003 fez porção do elenco de Afeto à prancha, como o goleiro José Chipatueca, um vigia, um homossexual, que se enamoraría de um dos amigos do protagonista dessa novela.

  • Colégio Técnico Municipal Francisco de Paula Santander
  • Manuel Castelo, como Álvaro Acacio Restrepo[4]
  • dois Regresse Afeto (1993)
  • 6 Definição de Samuel Phillips Huntington
  • 200 000 pessoas afetadas
  • Novos projetos gráficos SmartArt
  • Ricardo João Daniel Z: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO: Paradigmas NAS ORGANIZAÇÕES
  • Secretário de Estado: Charles Evans Hughes (1921-23)

Também, em 2004, acababou o teu curso de engenharia civil na Universidade de los Andes. Prémios Talento Caracol para melhor Beijo (compartilhado com Ela Issa) por, rouca de ouro. Prêmios Orquidea Utiliza o Ator de projeção Internacional, por Mesa pra 3 . Placa Sweet ao protagonista característico do sexo masculino, por Carinho à tábua de engomar. ↑ “Dez galanes ‘eternos’ da televisão colombiana”. ↑ Liliana Marcela Vega Gómez. “Diego Estudante, o galã das câmeras e a música”. ↑ Johan Giraldo. “Diego Estudante fala de teu último vídeo, ‘O Beco'”.

A insuficiente que vocês sigam este blog, se terão dado conta de que me produzem repelús estes exercícios com a varinha mágica do orçamento televisivo, os quais exigem a contrapartida lógica das famigeradas lágrimas e frases de agradecimento. Nesse caso, contudo, há 2 fatores que conferem ao espaço uma nova proporção.

O primeiro é que tal Cantizano como os famosillos que seguem cada uma das histórias se comprometem. Não são retratos sorridentes sobre a imaculada superfície de um estúdio. O segundo porquê que distingue “Três desejos” é que não se prende a encaminhar-se dando a tolas e loucas. Não se trata somente de comparecer soltando dinheiro aqui e por ali -às vezes são outros que contribuem pra patrocinar a tua organização-. Também mobilizam o interesse, o sacrifício dos participantes, como foi o caso do nadador o que lhe faltava uma perna e um braço, apesar de que cruzou a ria de Noia em memória de teu pai.

Categories:

Tags:

Comments are closed